O evento

A primeira edição do Simpósio Nacional de Bioprocessos – SINAFERM (ainda com o nome de Simpósio Nacional de Fermentações) ocorreu em São Paulo em 1964. A partir de 1975 com o surgimento do Pró-álcool um grande número de pesquisadores passaram a atuar na área, e como consequência foi estabelecida em 1977 a periodicidade bianual. Em 1983 foi criado o Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas – SHEB, com o intuito de discutir fontes e processos alternativos para a produção de biocombustíveis, este evento congrega a comunidade interessada no desenvolvimento de tecnologias associadas ao aproveitamento da biomassa vegetal ou microbiológica.

A fusão desses eventos ocorreu em 2013 com a realização conjunta dos simpósios na cidade de Foz do Iguaçu – PR. Desta forma, o SINAFERM/SHEB passou a ser o maior evento em bioprocessos do país. A edição seguinte em Fortaleza-CE ratificou a força das pesquisas em bioprocessos no país.

O Bioprocesso compreende as diversas etapas envolvidas na obtenção de um produto gerado por um micro-organismo, uma célula ou uma enzima, partindo da extração ou biossíntese até a obtenção de um bioproduto com pureza adequada ao seu emprego. É uma área de pesquisa eminentemente inter- e multidisciplinar, pois a obtenção do produto final requer o trabalho integrado de diversos profissionais de química, microbiologia, bioquímica, farmácia, biotecnologia, engenharia química, engenharia de alimentos, engenharia ambiental, engenharia de materiais, entre outras.

O SINAFERM/SHEB reúne esses profissionais com diferentes formações e que atuam nas várias etapas dos Bioprocessos. O mesmo ocorre com o SHEB, embora com enfoque mais concentrado na utilização de biomassas.

Os Simpósios propiciam a apresentação e discussão dos últimos avanços em pesquisas realizadas nas Universidades, Institutos de Pesquisa e Empresas. Desta forma, eles promovem interações entre ciência, tecnologia e inovação na área de bioprocessos, mostrando as diferentes perspectivas na abordagem dos problemas da área e qualificando-a no que se refere à competência científica e tecnológica. O SINAFERM/SHEB contribui assim para divulgação dos avanços científicos e tecnológicos em Bioprocessos no país e no mundo, estimulando ainda o avanço da inovação em área estratégica do conhecimento. Portanto, o evento estimula o surgimento de novas propostas e abordagens para o avanço da biotecnologia, promovendo o intercâmbio de técnicas entre pesquisadores de instituições de pesquisa e empresas, e fomentar novas colaborações entre cientistas, professores, alunos e profissionais que trabalham com Bioprocessos no Brasil e pesquisadores de instituições internacionais de renome. Além de ser o palco para a apresentação de novos equipamentos e insumos voltados para o trabalho científico e industrial por parte das diversas empresas que atuam na área.

Portanto, a Associação Brasileira de Engenharia Química e o comitê organizador têm a honra de convidá-los a participar do XXI Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM) e o XII Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas (SHEB), os quais serão realizados conjuntamente no período de 3 a 6 de setembro de 2017 na Universidade Tiradentes em Aracaju – SE, Brasil.